Após conseguir a classificação para a semifinal da Copa do Brasil e garantir R$ 15 milhões aos cofres do clube, o Athletico voltou a vencer no Brasileirão - de virada, superou o Juventude por 2 a 1, com gols de Bissoli, de pênalti, e Renato Kayzer.

Quebrando a sequência de sete jogos sem vencer no Brasileiro e voltando a emendar vitórias, o Furacão retoma a confiança para outro jogo importante - o primeiro da semifinal da Sul-Americana, contra o Peñarol, no Uruguai.

“É natural da nossa parte, pela sequência negativa que a gente vinha enfrentando, principalmente no Brasileiro, perder um pouco a confiança para jogar. Com a vitória no meio de semana e essa vitória contra o Juventude, acaba melhorando essa parte para enfrentar uma decisão como a que vamos ter pela frente”, disse em entrevista.

Força máxima do Athletico na Sul-Americana

Contra a equipe de Caxias do Sul, o Athletico poupou Thiago Heleno e Pedro Henrique, que devem voltar a campo para a Sul-Americana.

“Temos que tentar gerir o elenco e cuidar dos jogadores mais desgastados para ter todo mundo 100% em todas as partidas para imprimir um ritmo e intensidade fortes para suportar essa maratona", explicou Lazaroni.

Para ele, o Furacão tem vivido uma maratona de jogos decisivos desde o início da temporada e, apesar do jejum recente no Brasileirão, a temporada é vista com bons olhos.

“Em todos os jogos da fase de grupos da Sul-Americana, eram decisivos. Quando entramos no Brasileiro foi decisivo o nosso início para dar um pouco mais de conforto, mesmo perdendo essa gordura por conta dos resultados recentes. Nas fases eliminatórias da Copa do Brasil todo jogo era importante. E hoje também era decisivo por conta da nossa sequência. Temos que saber trabalhar sob pressão para dar sequência à temporada, que até aqui tem sido quase perfeita, principalmente nas Copas”, finaliza.

Na próxima quinta-feira (23), o Athletico começa a brigar por uma vaga na final da Sul-Americana. O jogo contra o Peñarol está marcado para as 21h30, em Montevidéu, no estádio Campeón del Siglo. A volta está marcada para o dia 30, no mesmo horário, na Arena da Baixada.

A outra semifinal será disputada entre Bragantino e Libertad, do Paraguai.

Participe da conversa!
0