O Athletico tem dois jogos para definir seu futuro na Libertadores. O primeiro é contra o líder Libertad, nesta quarta-feira (18), às 19h, na Arena da Baixada. Depois, encara o Caracas no dia 26, quinta-feira, também em casa, pela última rodada do Grupo B.

O Furacão é o lanterna da chave com apenas quatro pontos, dois a menos que o vice-líder The Strongest e que o Caracas, o terceiro. No entanto, os dois times tem uma partida a mais (ficaram no 0 a 0 na terça-feira). Apesar disto, o clube ainda tem cenários favoráveis para avançar às oitavas de final.

+ Confira a tabela completa da Libertadores

Para se classificar, resumidamente, o Athletico precisa vencer os dois jogos restantes. Se vencer o Libertad, o Furacão chega na última rodada dependendo apenas de si. Uma vitória seria o suficiente para avançar sem sustos.

O empate de ontem entre venezuelanos e bolivianos deixa vivo até o sonho de o Rubro-Negro ser o líder do grupo. Se vencer hoje, chega à mesma pontuação do Libertad. Na última rodada, bastaria vencer o Caracas e torcer por um empate entre Libertad e The Strongest, isso porque se complicou no saldo de gols após a derrota por goleada por 5 a 0 na Bolívia.

E se o Furacão não vencer o Libertad?

Se o Athletico empatar contra os paraguaios, terá que ganhar do Caracas na última rodada e torcer por vitória do Libertad ou no máximo um empate.

Se perder para o Libertad nesta quarta-feira, o Furacão terá que ganhar na última rodada e torcer por uma vitória dos paraguaios. Caso contrário, será eliminado.

Participe da conversa!
0