No duelo que valia a liderança do Grupo D da Copa Sul-Americana, o Athletico perdeu por 1 a 0 para o Melgar, no Peru, e ficou em uma situação mais complicada na briga pela classificação para a próxima fase, uma vez que encerrou a primeira metade de jogos três pontos atrás do líder.

Para o meia Jadson, no entanto, o tropeço em Lima serve como lição para o Furacão, que mais uma vez teve o domínio do jogo, pressionou, mas não aproveitou as chances criadas.

"A gente tem que levar como aprendizado. Temos mais três jogos na Sul-Americana, serão três decisões para a nossa equipe. Temos que corrigir os erros para que nos próximos jogos a gente possa entrar mais concentrado. Não podemos errar de jeito nenhum, porque precisamos dos pontos e da classificação", analisou ele.

Jadson entrou no segundo tempo em derrota do Athletico

Jadson entrou no segundo tempo, no lugar de Léo Cittadini, e completou 100 jogos com a camisa rubro-negra. Com o atleta em campo, o Athletico retomou o controle, mas não conseguiu superar a defesa do Melgar.

"Foi um jogo equilibrado, mas a equipe deles teve a chance de fazer o gol, de sair na frente, e a gente perdeu um pouco do controle no primeiro tempo. Tentamos criar algumas jogadas no segundo tempo, mas a equipe deles se defendeu muito bem. Agora é corrigir os erros de hoje para o próximo jogo", disse o meia.

O próximo compromisso do Furacão pela Sul-Americana é na próxima terça-feira (11), contra o Metropolitanos, na Venezuela. Antes, o time tem dois desafios pelo Campeonato Paranaense. Na quinta-feira (6), faz o clássico com o Coritiba, enquanto no domingo enfrenta o Maringá. Os dois duelos serão na Arena.

Participe da conversa!
0