O Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-PR) indeferiu o pedido de liminar do FC Cascavel para adiar o jogo com o Athletico. De acordo com o advogado do clube, Nixon Fiori, a equipe do interior do estado irá agora recorrer ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

Diante da negativa, o segundo jogo da semifinal do Paranaense segue marcado para esta quarta-feira (8), às 15h20, no Olímpico Regional, em Cascavel.

O clube do interior alega que tem atualmente apenas 11 atletas disponíveis para o duelo de volta da semifinal do Campeonato Paranaense (veja mais os detalhes abaixo).

Em campo

No duelo de ida, na Arena da Baixada, as duas equipes ficaram no empate por 1 a 1, com gols marcados já nos minutos finais do confronto. Erick anotou para o Furacão, de cabeça, aos 47 minutos, e Robinho empatou, de pênalti, aos 50.

Com o resultado, em caso de igualdade no próximo jogo, a equipe que enfrentará o Londrina na decisão será conhecida nas penalidades. E quem vencer no tempo normal, avança.

Atletas indisponíveis

Dos atletas indisponíveis do FC Cascavel, há casos de Covid-19 (nove ao todo), empréstimos, encerramento de contratos e lesionados. O técnico Tcheco também testou positivo para Covid, além do fisioterapeuta Marcos Favero, o executivo de futebol Marcus Vinicius Beck Lima e Isaias Augusto, coordenador de futebol.

"Entrar em campo em uma semifinal com o Athetico com 11 atletas, fora de posições, sem técnico na beira do gramado, sem fisioterapeuta é pedir para ser aniquilado em campo e assim a estabilidade das competições deve ser mantida adiando a partida", diz o clube.

No pedido ao TJD-PR, o FC Cascavel ainda diz que não tem culpa sobre o atraso para o término do Paranaense, e que "deve ser considerado a inexigibilidade da conduta adversa". O clube também alega que a partida não terá nenhum prejuízo com um possível adiamento.

"O impetrante não pode ser prejudicado neste momento onde este atraso ocasionaram vários empréstimos, encerramento contrato e ainda sim com 15 atletas foi disputada a primeira partida, mas com a realização de exames Covid e lesão de um atleta, o clube neste ato possui apenas 11 atletas para participar da segunda partida da semifinal do campeonato", diz o documento.

Em condições de jogo

Dos 28 atletas que estão "habilitados" em nome do FC Cascavel no site da FPF, o clube esclarece que 11 estão em situações de jogo.

Ricardo
Willian
Giaretta
Simões
Henrique
Carlinhos
Sotto
Rogério
Léo
Douglas
João Vittor

Jogadores indisponíveis

Jhonatan Martins da Cunha: Covid
Peterson Silvino da Cruz: não está mais no clube
Stephannyo Afonso Lopes de Oliveira: terceiro cartão amarelo
Lucas Oliveira dos Santos: Covid
João Pedro Heinen Silva: (impedido por contrato pertence ao Athletico)
Oberdan Alionço de Lima: emprestado ao Figueirense
Marcelo Gama Ramos: Covid
Orlando Lauxen Terechtchuk: machucado
Lucas Beira dos Santos: emprestado ao Grêmio
Jonas Giroletto: não está mais no clube
Robson Ferreira de Azevedo: terceiro cartão amarelo
Sérgio Roberto de Souza Filho: emprestado ao Aruko
Héverton da Conceição Campeiro: emprestado ao Grêmio
Guilherme Baldo Borech: emprestado ao Primavera-SP
João Pedro Fiorentim: atleta amador
Wagner Libano: Covid
Leonardo Gimenes: Covid

Participe da conversa!
0