Nascido e criado em Montevidéu, em uma casa a apenas 8,4 km do Estádio Centenário, o meia-atacante David Terans vive um momento especial na decisão da Copa Sul-Americana.

Neste sábado (20), às 17h, ele retorna ao gramado do Estádio Centenário para ajudar o Athletico na busca do título contra o Red Bull Bragantino.

"Para mim é muito lindo jogar no meu país. Foi uma Copa difícil para mim, comecei jogando no Peñarol, depois fui para o Athletico e enfrentei o Peñarol. Jogar em casa é muito importante, vai marcar muito. Se Deus quiser a quer vai conquistar o título porque é muito importante para todos do clube e os torcedores", avalia Terans, que tem dois gols em sua carreira no estádio mais importante do Uruguai.

Em agosto do ano passado, ele fez o gol do empate dos carboneros no clássico contra o Nacional que terminou empatado por 1 a 1. Neste ano, anotou uma vez contra o Montevideo City Torque na vitória por 3 a 1.

UmDois por R$4,90? Só clicando nesta oferta você leva: Álbum Histórico e, se o Furacão levar a Sula, pôster do tamanho de uma TV 24 polegadas + brinde surpresa!

Família na arquibancada

Literalmente em casa, Terans terá toda a família nas arquibancadas da lendária cancha de futebol na decisão. Para ele, algo que torna a decisão contra o Massa Bruta ainda mais única.

"Eu estou muito orgulhoso da minha família, do meu pai e da minha mãe, mas o relacionamento em casa é de pais para filhos. Sei que estão muito orgulhosos e sempre demonstram isso para mim. É muito importante por todo sacrifício que fizeram quando era mais novo. Minha família toda mora muito perto, somos muito unidos e hoje estou aqui, disputando uma final internacional graças a eles também".

Participe da conversa!
0