Convocado para a seleção olímpica para os Jogos em Tóquio, nesta quinta-feira (17), o goleiro Santos vai em busca de mais uma medalha para o Brasil. Em 2016, o inédito ouro teve a participação de Weverton, que defendeu o Athletico de 2012 até o final de 2017, com 318 partidas disputadas.

No ano passado, Santos foi chamado por Tite para o time principal para o início das Eliminatórias para os jogos contra Bolívia e Peru, mas não chegou a entrar em campo com a amarelinha. Antes, o goleiro também foi chamado para o time principal para amistosos contra Senegal e Nigéria, e depois contra Argentina e Coreia do Sul.

Há 13 anos no Furacão, Santos comemorou a convocação para na seleção olímpica
Há 13 anos no Furacão, Santos comemorou a convocação para na seleção olímpica

Jardine elogia goleiro do Athletico: "De seleção principal"

Na entrevista coletiva após a convocação, o técnico André Jardine fez elogios ao goleiro do Furacão e destacou os motivos de o jogador estar na lista.

"O Santos é um goleiro de seleção principal. Hoje a concorrência é de nível altíssimo e o Santos já foi convocado outras vezes pelo Tite, ele tem um nível alto, identificado com a seleção, e uma maneira que a gente gosta de jogar, domina todos os fundamentos e ajuda muito a equipe na fase de construção. Ele vai dar esse toque de experiência, que desde o primeiro momento demonstramos que gostaríamos de ter nessa função".

Consolidação no Athletico com títulos

Revelado no Athletico, Aderbar Melo dos Santos Neto chegou ao clube em 2008 e acumula 225 jogos com a camisa rubro-negra. O paraibano soma cinco conquistas: Paranaenses (2018 e 2020), Copa Sul-Americana (2018), Levain Cup (2019) e Copa do Brasil (2019).

No título da Copa do Brasil, o goleiro foi fundamental nas decisões de pênalti contra Flamengo e Grêmio. Em 2019, Santos foi eleito o melhor goleiro do Brasileirão, aos 29 anos. Naquele ano, ele também chamado pelo técnico Tite para defender a seleção brasileira em amistosos das Eliminatórias. No entanto, não chegou a jogar.

Santos demorou para se firmar no Athletico. A estreia no grupo principal foi apenas em 2011. Sempre na reserva de Weverton, tinha poucas oportunidades. Até que o então camisa 12 foi para o Palmeiras, em 2018, e aí Santos não saiu mais da meta.

Santos brilhou contra Flamengo e Grêmio na Copa do Brasil 2019
Santos brilhou contra Flamengo e Grêmio na Copa do Brasil 2019| Jonathan Campos/Arquivo/Gazeta do Povo

Em 2018, o UmDois Esportes publicou um perfil especial do goleiro Santos; clique e leia!

Participe da conversa!
0