O técnico Alberto Valentim, do Athletico, não confirmou se vai poupar os titulares na partida contra o Atlético-MG. Depois da derrota para o Internacional, por 2 a 1, o treinador lamentou o resultado na rodada e disse vai avaliar a condição física dos atletas para definir a escalação do próximo jogo.

"O Nikão nós decidimos poupá-lo. O próprio Thiago Heleno também, depois do cartão, decidimos tirá-lo. Eu sempre falo que, para a próxima partida, eu tenho que analisar bem a parte física. O departamento médico precisa me passar os jogadores que estão com a parte física melhor. Temos segunda para decidirmos quem começará o jogo na terça", declarou em entrevista coletiva.

Nikão, citado pelo treinador, jogou o primeiro tempo contra o Inter, mas recebeu muitas faltas duras. O jogador não voltou para a etapa final. Já Thiago Heleno recebeu o terceiro cartão amarelo e está fora contra o Galo.

"Queríamos ter trazido o Canesin e o Erick. Infelizmente, por problemas físicos, o Erick com dores no joelho, e Canesin levou uma pancada forte, com torção de tornozelo. Estamos confiantes para que eles se recuperem, vamos ver como eles estarão. Dentro do contexto todo, vamos avaliar os jogadores para escolhermos quem deve começar o jogo", completou.

O duelo com o Atlético-MG será na terça-feira (16), às 16h, na Arena da Baixada, pela 33ª rodada. A tendência é que o Furacão tenha uma formação bem alterada, já que a equipe viaja para o Uruguai na quarta-feira (17).

Valentim lamenta derrota para o Inter, mas diz que resultado não vai influenciar em semana decisiva

O técnico Alberto Valentim afirmou que a derrota para o Internacional não vai influenciar na semana do Athletico pensando, principalmente, na final da Sul-Americana.

"No nosso comportamento, naquilo que a gente vem fazendo, não vai nos abater essa derrota. Seguimos trabalhando, corrigindo os nossos erros e passando aos jogadores o que fizemos de bom. É recuperar bem. Como disse na última partida, não tínhamos tempo para comemorar. E agora, não temos tempo para lamentar essa derrota. Temos que trabalhar amanhã, já visando o jogo de terça-feira contra o Atlético-MG", afirmou.

Participe da conversa!
0