Em julho de 2021, quando o colombiano Nicolás Hernández rescindiu contrato com o Atlético Nacional e ficou livre no mercado, ele não tinha ideia do próximo passo de sua jovem carreira.

Nesse sábado (20), contrariando as probabilidades, o jogador de 23 anos comemorou o título da Copa Sul-Americana como titular do Athletico, trazendo solidez pelo lado esquerdo da linha de três defensores.

Contratação certeira que rendeu frutos imediatos como reflexo de uma adaptação rápida no CT do Caju.

"Graças aos meus companheiros. Eles, como pessoas, são incríveis, irmãos, fizeram sentir-me em casa", diz o atleta, mais conhecido como Nico.

Isso não vai ter na banca: Assine UmDois 50% Off e ganhe poster do tamanho de uma TV, Brinde Surpresa em sua casa + Álbum Digital de Fotos Históricas do Furacão"

"Também sou imensamente agradecido ao Paulo Autuori, a todos da direção. Eles confiaram em mim. Há três meses eu estava sem equipe, não sabia o que fazer, e eles confiaram em mim. Graças a Deus pude responder a ele e ao profe Valentim", completa o colombiano, que havia jogado apenas três partidas, somando 254 minutos, no primeiro semestre.

A facilidade de adaptação, junto com boas atuações e muita raça em campo, resultou em uma conexão com a torcida. Nico, por exemplo, foi o único do elenco a participar do velório do ídolo Sicupira.

"O carinho que a torcida me deu foi incrível. O mínimo que podia fazer era homenagear o Sicupira. Foi um grande aqui no clube. O povo colombiano é assim, de solidariedade. Sei que para a família contava muito estar com eles naquele momento difícil".

Vem comemorar: Pôster do tamanho de TV, brinde surpresa, álbum e UmDois com 50% de desconto

Quero Meu Poster
Provided by UmDois Esportes
Participe da conversa!
0