Com mais da metade do Brasileirão e da Série B já disputados, Athletico, Coritiba e Paraná fazem as contas para saber quais as probabilidades de conseguir uma vaga na Libertadores, Sul-Americana ou riscos de queda para Furacão e Coxa. No caso do Tricolor, a equipe briga contra a zona do rebaixamento da Segundona, mas não deixa de confiar na possibilidade de um acesso à elite do futebol brasileiro.

Athletico vive gangorra no Brasileirão

O Athletico embalou três vitórias consecutivas sob o comando de Paulo Autuori, que fizeram com que o Furacão deixasse a zona do rebaixamento e pulasse para a primeira parte da tabela de classificação. No entanto, diante do Palmeiras, no último fim de semana, a equipe foi dominada pelo clube paulista e tomou 3 a 0, que interrompeu a boa sequência.

Com o tropeço, o Rubro-Negro caiu para a 11ª colocação, com 28 pontos, ficando a quatro pontos da zona do rebaixamento - distância que pode ser reduzida com o complemento da rodada nesta segunda-feira - e a nove do grupo da Libertadores.

Tabela e classificação do Brasileirão

De acordo com o site Infobola, o Athletico possui 14% de risco de rebaixamento e apenas 1% de chances para chegar à Libertadores. A média de pontos para se livrar da ZR é de 45 pontos. Com isso, a equipe precisaria de cinco vitórias e dois empates para garantir a permanência na Série A. Restam 15 rodadas para o fim do campeonato.

Athletico está no meio da tabela. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/UmDois Esportes.
Athletico está no meio da tabela. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/UmDois Esportes.| Albari Rosa/Foto Digital/UmDois

Coritiba com o alerta ligado

A situação do Coritiba já é bem mais complicada que a do rival. Na 18ª colocação, com apenas 20 pontos, o Verdão possui 75% de riscos de queda para a Série B. O time do técnico Rodrigo Santana precisaria de mais 25 pontos para garantir a permanência na elite.

Com isso, o Coxa precisa vencer oito partidas e empatar uma para chegar aos 45 pontos. Apenas Botafogo e Goiás possuem maiores riscos de queda. Sem vencer há quatro rodadas, o Verdão não tem demonstrado poder de reação, mesmo com a troca recente de comando, com Rodrigo Santana assumindo o cargo que era de Jorginho.

Ao contrário do Athletico, o Coritiba ainda não conseguiu uma boa sequência para sair da zona do rebaixamento. No momento, cinco pontos separam o Coxa do Sport, primeiro time que está fora da temida ZR.

Coritiba tem um dos piores ataques do Brasileirão. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/UmDois Esportes.
Coritiba tem um dos piores ataques do Brasileirão. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/UmDois Esportes.| Albari Rosa / Foto Digital

Paraná em queda livre na Série B

Com apenas uma vitória nos últimos 14 jogos, o Paraná está em queda livre na Série B. A equipe vem de quatro derrotas consecutivas e ainda não venceu com Rogério Micale no comando. Para quem antes pensava em acesso, a situação se inverteu e hoje o Tricolor pensa mais em escapar do rebaixamento para a Série C.

Tabela e classificação da Série B

De acordo com o Departamento de Matemática da UFMG, o Tricolor tem menos de 1% de chance de acesso - 11 pontos separam o time do G4. O que dá um pouco mais de conforto aos torcedores é que o pessoal da zona do rebaixamento está com uma pontuação bem abaixo.

No momento, o Paraná é o 14º colocado, com 29 pontos, oito a mais que o Náutico, primeiro clube na zona do rebaixamento. Para se livrar de um trágico rebaixamento, o time paranista precisaria de mais quatro vitórias nas próximas rodadas.

Paraná está em queda livre na Segundona. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/UmDois Esportes.
Paraná está em queda livre na Segundona. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/UmDois Esportes.| Albari Rosa / Foto Digital
Participe da conversa!
0