A vitória do Athletico sobre o Caracas, da Venezuela, nesta quinta-feira (26), foi a 20ª do clube em sua história na Libertadores. Com o resultado, de 5 a 1, o Furacão carimbou a vaga para as oitavas de final do torneio continental. O adversário da próxima fase será conhecido nesta sexta-feira (27), em sorteio da Conmebol, a partir de 13h.

O time rubro-negro terminou a fase de grupos com dez pontos, após vencer as três partidas como mandante, contra The Strongest-BOL, Libertad-PAR e Caracas-VEN. Presente nas oitavas de final pela sexta vez (a quarta seguida), o Furacão disputou o jogo de número 70 na Libertadores - agora são 32 vitórias, 11 empates e 27 derrotas, com um total de 50,9%.

+ Confira a tabela completa da Libertadores 2022

Considerando apenas os jogos disputados na Arena da Baixada, o Athletico chega à 20ª vitória no estádio em jogos da Libertadores, somando todas as participações no torneio, em 2000, 2002, 2005, 2014, 2017, 2019, 2020 e 2022. São 20 triunfos, cinco empates e quatro derrotas - 74,7% de aproveitamento.

Em casa, o Furacão foi derrotado apenas quatro vezes (veja a lista completa no final da matéria), para Bolívar (2002), Independiente de Medellín (2005), San Lorenzo (2017), Boca Juniors (2019).

Na estreia, em 2000, a equipe teve quatro vitórias em quatro jogos, mas foi eliminado pelo Atlético-MG nas oitavas de final. Em 2002 teve uma vitória, um empate e uma derrota, quando ficou pelo caminho na fase de grupos.

A melhor campanha foi em 2005, quando chegou até a final. Jogando na Arena foram cinco vitórias e uma derrota. Naquela edição, o jogo de ida contra o São Paulo foi disputado no Beira-Rio, em Porto Alegre.

Na participação da edição 2014, o Athletico mandou seus jogos na Vila Capanema, já que a Arena da Baixada estava fechada para as obras da Copa do Mundo. De volta à casa na edição de 2017, teve duas vitórias, dois empates e uma derrota.

Naquele ano, a partida contra o Santos foi disputada também na Vila Capanema, já que a Baixada estava cedida à Liga Mundial de Vôlei. O Furacão também acabou eliminado nas oitavas.

Em 2019, o Rubro-Negro teve três vitórias e uma derrota em seu estádio - acabou eliminado pelo Boca Juniors nas oitavas. Na penúltima participação, em 2020, não perdeu: foram duas vitórias e dois empates na Arena da Baixada - foi eliminado por outro argentino nas oitavas, o River Plate.

Confira todos os jogos do Athletico na Arena da Baixada

2000 - 4 jogos e 4 vitórias
Athletico 1x0 Emelec
Athletico 2x1 Alianza Lima
Athletico 2x0 Nacional
Athletico 2 (3)x(5) 1 Atlético-MG

2002 - 3 jogos, 1 derrota, 1 empate e 1 vitória
Athletico 1x2 Bolívar
Athletico 1x1 América de Cali
Athletico 2x0 Olmedo

2005* - 6 jogos, 5 vitórias e 1 derrota
Athletico 1×0 Libertad
Athletico 2×1 América de Cali
Athletico 0x4 Independiente Medellín
Athletico 2×1 Cerro Porteño
Athletico 3×2 Santos
Athletico 3×0 Chivas
* o jogo de ida contra o São Paulo foi no Beira-Rio

2014
Os jogos foram disputados na Vila Capanema, já que a Arena da Baixada estava fechada para as obras da Copa do Mundo.

2017* - 5 jogos, 2 vitórias, 2 empates e 1 derrota
Athletico 1×0 Millonarios
Athletico 3×3 Deportivo Capiatá
Athletico 2×2 Universidad Católica
Athletico 2×1 Flamengo
Athletico 0x3 San Lorenzo
* o jogo contra o Santos foi na Vila Capanema, já que a Arena da Baixada estava cedida à Liga Mundial de Vôlei.

2019 - 4 jogos, 3 vitórias e 1 derrota
Athletico 4×0 Jorge Wilstermann
Athletico 3×0 Boca Juniors (fase de grupos)
Athletico 1×0 Tolima
Athletico 0x1 Boca Juniors (oitavas)

2020 - 2 vitórias e 2 empates
Athletico 1×0 Peñarol
Athletico 2×0 Colo-Colo
Athletico 0x0 Jorge Wilstermann
Athletico 1×1 River Plate

2022 - 3 jogos e 3 vitórias
Athletico 1×0 The Strongest
Athletico 2×0 Libertad
Athletico x Caracas

Participe da conversa!
0