O técnico Alberto Valentim vai mudar o Athletico para enfrentar o São Paulo neste domingo (10), às 19h, no Morumbi. O jogo, que também marca o reencontro com o ídolo Nikão, é a estreia do clube no Brasileirão.

Na lateral-direita, Khellven assume a vaga de Orejuela. O colombiano, titular na estreia na Libertadores, veio por empréstimo do Tricolor paulista e por isso está fora do duelo.

No ataque, provável alteração é de ordem médica. Pablo sentiu dores na coxa na partida da última terça-feira (5) e pode ser poupado. Marcelo Cirino assumiria o comando de ataque, com Vitor Bueno entrando na ponta. Outra opção é Rômulo como centroavante.

O volante Christian também pode deixar o time para entrada do equatoriano Bryan Garcia. No setor de criação, Marlos disputa vaga com o uruguaio Terans.

Assim, o provável Furaão tem o onze formado por Bento; Khellven, Pedro Henrique, Lucas Halter e Abner; Hugo Moura, Bryan Garcia (Christian) e Terans (Marlos); Vitor Bueno, Cuello e Marcelo Cirino (Rômulo).

A delegação ainda conta com três novidades: o uruguaio Canobbio e os atacantes Vitinho e Pedro Rocha.

Nikão ainda não engrenou

Após deixar o Rubro-Negro como ídolo, Maycon Vinícius Ferreira da Cruz ainda não engrenou pelo São Paulo. Em 14 jogos nesta temporada, o meia-atacante foi titular apenas seis vezes, não terminou nenhuma partida e segue sem balançar as redes.

Mesmo assim, Nikão deve ser titular de Rogério Ceni no domingo na vaga do lesionado Rodrigo Nestor. Exatamente diante da equipe em que fez história. Foram 314 jogos, 49 gols e seis títulos em sete temporadas com a camisa do Furacão.

Participe da conversa!
0