A população tem sofrido com "boom" nos casos de Covid-19 neste início de 2022. E no futebol, a situação não é diferente. Com a reapresentação visando a temporada, os clubes paranaenses têm registrado casos da doença.

Athletico, Coritiba, Paraná, Londrina e Operário já tiveram positivados nesta primeira semana de trabalhos.

No Estado do Paraná, já são 1.626.852 casos confirmados e 40.693 mortos pela doença. Em boletim divulgado nesta segunda-feira (10), pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), foram mais 4.541 casos confirmados e sete mortes - referentes aos meses ou semanas anteriores e não apenas das últimas 24 horas - em decorrência da ido coronavírus. Confira o panorama no futebol.

Athletico

No Furacão, dois reforços não puderam ser apresentados devido à doença. O volante equatoriano Bryan García testou positivo ainda em Guayaquil e cumprirá quarentena antes de vir para Curitiba. Já o atacante Jonathan teve o teste confirmado na apresentação do grupo de aspirantes na última segunda-feira (3). Ele está isolado no CT do Caju.

Coritiba

Já no Coxa, os casos registrados até o momento aconteceram na diretoria. Além do presidente Juarez Moraes e Silva, que pediu licença médica do cargo até o dia 24 de janeiro, os vices Jair José de Souza e Maurício Gulin também estão com coronavírus.

Paraná Clube

O Tricolor, por sua vez, registrou três atletas com resultado positivo para a doença, além de dois integrantes da comissão técnica, nos testes feitos na última sexta-feira (7). O clube cancelou um jogo-treino agendado para o fim de semana com o Marcílio Dias, mas seguirá a programação de treinamentos da semana.

O Paraná fará uma nova bateria de exames nesta terça-feira (11) e, no dia seguinte, tem agendado um jogo-treino contra o Barra-SC, time do ex-técnico Matheus Costa, às 16h.

Londrina

Já o clube que mais registrou casos até o momento foi o Londrina. Ao todo, já são 17 pessoas em isolamento entre atletas, comissão técnica e diretoria. Na semana passada, foram seis jogadores (João Paulo, Eltinho, Victor Daniel, Mossoró, Pedrinho e Saimon) além do executivo de futebol, Germano Schweger, e do preparador de goleiros, Edson Sabiá.

No último sábado (8), o Tubarão confirmou mais nove casos em jogadores: os goleiros Maltos, Matheus Nogueira e Matheus Albino, os zagueiros Gabriel, Lucas Costa e Zé Pedro, o meia Léo Artur e os atacantes Salatiel e Caprini.

Operário

No Fantasma, os casos foram apenas na comissão técnica. São eles: os auxiliares Lucas Isotton e Caio Presotto, além do preparador físico César Kurowski. A temporada começa para os clubes paranaense no dia 22 de janeiro com a estreia do Campeonato Paranaense.

Clubes do futebol nacional também vêm sofrendo com a nova onda

Jorge e Rony testaram positivo nesta segunda-feira
Jorge e Rony testaram positivo nesta segunda-feira| Cesar Greco/ Palmeiras

Vários clubes do futebol brasileiro já registraram casos de Covid-19 em seus elencos principais ou da Copinha neste início de temporada.

Pelo principal, o Palmeiras é o clube com maior número de casos no elenco: 10 no total, entre eles Jorge e Rony, que foram diagnosticados nos exames desta segunda-feira. Todos estão em isolamento. Já no Corinthians, Renato Augusto, Jô e Willian testaram positivo na reapresentação.

No Santos, o surto é entre atletas (entre eles Marinho e Carlos Sánchez), além de comissão técnica e funcionários do CT Rei Pelé e da Vila Belmiro. Ao todo, são mais de 40 pessoas com o coronavírus de acordo com o UOL.

Dos times da Série A, Flamengo, Fluminense, Botafogo, São Paulo, Ceará e Bragantino também já registraram casos da doença no retorno das atividades.

No Brasil, foram 23.504 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas - dados de domingo (9). No total, já são 22.522.310 diagnósticos confirmados desde o início da pandemia. A média móvel subiu mais de 600% nos últimos 14 dias. Já o número de mortes registrado de sábado para domingo foi de 50, totalizando 620.031 óbitos no país.

Participe da conversa!
0