Neste sábado (9), Athletico e Coritiba se enfrentam, às 19h, no Couto Pereira, em situações bem opostas no Brasileirão. Se já não bastasse a posição na tabela - o Furacão é o 10º, enquanto o Coxa é o lanterna -, o momento em que cada um chega para o clássico também é diferente.

Enquanto o Rubro-Negro vem embalado, atravessando uma ótima fase, o Alviverde segue com péssimos resultados, com uma nova troca na comissão técnica, e precisando ganhar para tentar respirar no Campeonato Brasileiro.

+ Confira a classificação completa do Brasileirão e os próximos jogos de Athletico e Coritiba

O Athletico venceu os últimos três jogos que fez, contra Red Bull Bragantino (1 a 0), Vasco (3 a 0) e Botafogo (2 a 0). A sequência colocou o time como o vice-líder do segundo turno do Brasileirão. Em nove jogos, o Furacão tem 66,6% de aproveitamento, com seis vitórias e três derrotas, atrás apenas do São Paulo, que somou um ponto a mais neste período.

Se vencer o Atletiba, o Rubro-Negro igualará seu melhor momento até aqui na competição. Em novembro, o time atleticano venceu quatro rodadas seguidas e chegou a ocupar a nona posição na tabela.

Situação que pode se repetir ou até melhorar. Com uma combinação de resultados, o Athletico pode chegar ao oitavo lugar, e se aproximar de uma vaga na Libertadores.

Coritiba perde força no Couto

Por outro lado, o Coritiba vai se complicando com os resultados. Sem vencer há nove partidas - com dois empates e sete derrotas -, o Coxa ainda amarga um péssimo desempenho jogando em casa.

Antes uma das armas do time, o Couto Pereira, em tempos de pandemia, não vem surtindo resultado. Tanto que o Alviverde é o segundo pior mandante do Brasileirão, com apenas 28,5% de aproveitamento. Em 14 jogos, foram três vitórias, três empates e oito derrotas, somando 12 pontos, desempenho melhor apenas que do Botafogo, que tem 11.

O último triunfo no Couto foi no dia 31 de outubro, quando bateu o Atlético-GO por 1 a 0. Esta, aliás, foi a última partida que o Alviverde ganhou na competição, na última rodada do primeiro turno. Até por isso, a equipe é a pior da segunda metade, sendo a única que ainda não ganhou.

Participe da conversa!
0