O duelo entre Palmeiras e Athletico, neste sábado (28), às 17h, assinala novo reencontro entre o jogador Rony e o Furacão.

Um dos símbolos da conquista da Copa do Brasil, em 2019, o atacante das cambalhotas ficou marcado na história rubro-negra, rendeu cerca de R$ 28 milhões na transação para o clube paulista, mas também foi o pivô de uma punição ao Athletico na Fifa.

Após o sucesso na Arena da Baixada, Rony demorou para emplacar no novo clube. Acabou oscilando, indo para o banco de reservas e recebendo críticas da torcida. Agora, este cenário mudou. Com a camisa verde e branca, ele é o jogador mais decisivo da Libertadores.

Segundo estatísticas oficiais da Conmebol, Rony participou diretamente de nove gols de seu time na disputa, somando três gols e seis assistências.

Rony morde a medalha de campeão da Copa do Brasil com o Athletico. Foto: Albari Rosa/Arquivo/Gazeta do Povo
Rony morde a medalha de campeão da Copa do Brasil com o Athletico. Foto: Albari Rosa/Arquivo/Gazeta do Povo| Gazeta do Povo

Athletico foi banido pela Fifa e multado por causa de Rony

O Furacão acabou punido pela entidade máxima do futebol por causa da contratação de Rony junto ao Albirex Niigata, do Japão. Por causa disso, o Furacão não pode registrar novos jogadores desde outubro deste ano, com a punição indo até julho do ano que vem, além de ter sido multado em 1,3 milhão de dólares.

Em maio de 2018, Rony entrou com ação na Fifa pedindo liberação para deixar o clube japonês que, por sua vez, acusou o atacante de ignorar um contrato de três anos assinado em fevereiro de 2017.

Retrospecto de Rony no Athletico: títulos e afastamento

Cambalhota de Rony no Beira-Rio: atacante fez parte de time vitorioso do Athletico. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/UmDois
Cambalhota de Rony no Beira-Rio: atacante fez parte de time vitorioso do Athletico. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/UmDois| Gazeta do Povo

No total, Rony fez 73 jogos pelo Furacão e anotou 13 gols. Ele fez parte da vitoriosa equipe que conquistou a Sul-Americana, em 2018, e a Copa do Brasil, em 2019.

Em janeiro de 2020, quando já tinha propostas de clubes como Palmeiras e Corinthians, Rony foi afastado do time principal do Furacão e passou a treinar com os aspirantes.

Mas o incômodo cenário durou pouco, com o arisco ponta assinando logo na sequência com o Palmeiras, onde já fez 33 jogos e anotou quatro gols.

Participe da conversa!
0