O Athletico está eliminado da Copa São Paulo 2022. Nesta quarta-feira (12), o Furacão arrancou no final um empate em 1 a 1 com o América-MG, mas, nos pênaltis, três jogadores desperdiçaram suas cobranças - Renan Viana, Léo Costa e Iago, que bateu de cavadinha - e o time perdeu por 3 a 1.

A primeira etapa foi equilibrado, com a bola ficando mais presa no meio-campo e com poucas chances efetivas de gols. O Furacão foi um pouco mais dominante, criando mais oportunidades, principalmente com Danielzinho e Renan Viana.

O Coelho também teve uma boa chance, mas parou na defesa de Gabriel Pereira. No mais, muitos toques e poucos espaços, nos dois lados.

No segundo tempo, o Athletico esboçou continuar pressionando nos minutos iniciais, mas quem abriu o placar foi o América-MG. Aos sete minutos, após cobrança de escanteio de Mateus Henrique pela esquerda, Julio subiu mais alto que todo mundo na área e fez 1 a 0.

Com o gol, o Rubro-Negro precisou ir mais para cima e o domínio de bola se transformou em finalizações, mas que pararam nas defesas de Cássio.

Ao mesmo tempo, alguns vacilos lá atrás permitiam que o Coelho tivesse oportunidades em contra-ataques, mas os mineiros não aproveitaram e finalizaram mal.

Quando o jogo se encaminhava para uma vitória do América-MG, aos 35, Carlos Eduardo arriscou da entrada da área e marcou um golaço. Nos minutos finais, Cássio e a trave impediram o gol atleticano. Com o 1 a 1, o foi jogo para os pênaltis.

Nos pênaltis, Athletico perde três cobranças

Aí os jogadores atleticanos não aproveitaram as chances. Somente Marcos Vinícius marcou o dele, enquanto Renan Viana, Léo Costa e Iago chutaram para fora ou pararam nas mãos do goleiro Cássio.

O América-MG acertou três finalizações e segue na Copinha.

O Athletico foi a campo com: Gabriel Pereira; Murillo (Iago), Dourado, Arthur Zanella e Willian Jesus (Léo Costa); Carlos Eduardo, João Vitor (Kauã) e Danielzinho (Marcos Vinícius); John Mercado, Emersonn (Vitor do Carmo) e Renan Viana.

Participe da conversa!
0