Com tranquilidade e domínio total. Foi assim que o Athletico confirmou a classificação diante do Tocantinópolis às oitavas de final da Copa do Brasil. Depois do 5 a 2 da ida, o Furacão fez 4 a 0 na Arena da Baixada. Os gols foram de Hugo Moura, Khellven e Pablo, duas vezes.

O duelo do mata-mata ficou marcado por ser o da estreia de Felipão no comando do time. Depois de acompanhar o jogo contra o Ceará das cabines, o treinador fez seu primeiro jogo à beira do gramado e, como era de se esperar, aproveitou o duelo praticamente definido para fazer testes no time.

Felipão cumprimenta torcedor na Arena. Técnico era a grande estrela do jogo. Foto: Atila Alberti/UmDois Esportes
Felipão cumprimenta torcedor na Arena. Técnico era a grande estrela do jogo. Foto: Atila Alberti/UmDois Esportes

+ Veja como foi o tempo real de Athletico x Tocantinópolis

A escalação inicial trouxe uma equipe mista com Khellven, Marlos e Pablo titulares, por exemplo. O Furacão teve domínio completo do primeiro tempo. Logo aos três minutos, Abner cruzou, mas Pablo, livre na pequena área, furou. O lance refletiu bem o momento do atacante, que iria se redimir depois. Aos 8, uma homenagem da torcida à Sicupira, que faria aniversário neste dia 10 de maio, com aplausos marcou o jogo.

O Rubro-Negro pressionava bastante, mas via o goleiro Jefferson e a falta de precisão dos atacantes darem o tom do jogo. Até que, aos 26, Hugo Moura pegou a sobra na entrada da área e abriu o placar. Khellven ampliou o placar de dentro da área após aproveitar um chute de Pedro Rocha, que foi travado.

Antes do fim do primeiro tempo, Pablo, enfim, tirou a "zica", como ele mesmo fez na comemoração, ao roubar a bola da defesa e bater firme no canto, 3 a 0. Ao todo, foram 13 finalizações do Athletico, que poderia ter ido aos vestiários com um placar ainda mais elástico.

+ Veja a tabela completa da Copa do Brasil

No segundo tempo, Felipão promoveu a estreia de Dedé na vaga de Pedro Henrique e também colocou Pedrinho no lugar de Abner. Mas foi pelo lado direito que o Furacão chegou ao quarto gol. Marlos acionou Khellven na área, que encontrou Pablo livre para cabecear para as redes.

Felipão ainda colocou Matheus Babi na partida. O jovem atacante não atuava desde julho de 2021 quando sofreu uma lesão grave de ligamento no joelho direito.

Ao natural, o Athletico fez o dever de casa e passou às oitavas de final da Copa do Brasil. Com a classificação, o clube garantiu R$ 3 milhões em premiação. A previsão dos jogos da fase são na semana do dia 22 de junho a ida e 13 de julho a volta.

O próximo jogo do Furacão será contra o Fluminense no sábado (14), às 21h, no Raulino de Oliveira, pelo Brasileirão. E Felipão iniciou sua era dentro do Rubro-Negro com o pé direito.

Pedro Rocha tenta jogada no ataque. Foto: Atila Alberti/UmDois Esportes
Pedro Rocha tenta jogada no ataque. Foto: Atila Alberti/UmDois Esportes

Ficha técnica

COPA DO BRASIL
3ª fase
10/05/2022


ATHLETICO 4x0 TOCANTINÓPOLIS

Athletico: Bento; Khellven, Nico Hernández, Pedro Henrique (Dedé) e Abner (Pedrinho); Hugo Moura (Erick), Matheus Fernandes e Marlos (Vitor Bueno); Pedro Rocha, Cuello e Pablo (Matheus Babi). Técnico: Felipão.

Tocantinópolis: Jefferson; Marcinho, Betão, Wanderson e Chico Bala; Pedro Dias, Rômulo (Bideli) e Raí (Da Silva); Alan Maia (Bilau), Bambelo (Jheimy) e Elifran (Dedé). Técnico: Jairo Nascimento.

Local: Arena da Baixada (Curitiba-PR)
Árbitro: Alexandre Vargas de Jesus (RJ).
Assistentes: Thiago Henrique Farinha (RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ).
Gols: Hugo Moura, 26', Khellven, 41', Pablo, 44', do 1ºT e 9' do 2ºT.
Público pagante: 10.984
Público total: 11.813
Renda: R$ 163.125,00

Participe da conversa!
0