O Atletiba, principal clássico do estado do Paraná, vai para o confronto de número 348 na história. Em partida atrasada do Campeonato Paranaense, válida pela sétima rodada, Athletico e Coritiba se encontram nesta quinta-feira (5), às 17h40, na Arena da Baixada.

O Furacão, com os reservas do grupo principal, busca voltar a vencer e subir na classificação. Atualmente, é apenas o sétimo colocado com nove pontos. O Rubro-Negro é tetracampeão com o projeto de aspirantes.

Já o Coxa pode assumir a liderança se vencer ou empatar o jogo. O Alviverde é o segundo colocado com 13 pontos - um a menos que o líder Operário - e quer quebrar essa hegemonia do rival ao final da competição.

Nesta nova década que iniciou em 2021, este é o segundo Atletiba. O primeiro foi em janeiro, ainda pelo Brasileirão da última temporada, que terminou 0 a 0. Mas e a última década, como foi? Athletico e Coritiba protagonizaram duelos marcantes entre 2011 e 2020.

Veja a tabela do Paranaense!

O UmDois Esportes traz os números do clássico e relembra os jogos que decidiram campeonatos.

Ao todo, na última década, as equipes se enfrentaram 39 vezes nos últimos dez anos. Foram 16 vitórias do Coxa, 14 do Furacão e nove empates. Neste período, o Campeonato Paranaense foi decidido pelos dois em sete oportunidades, com o Alviverde levando a melhor em quatro (2011, 2012, 2013 e 2017), enquanto o Rubro-Negro faturou em outras três (2016, 2018 e 2020).

Tabela do Paranaense 2021: Veja os jogos da disputa
Furacão é o atual campeão do Estadual. | Albari Rosa/Foto Digital/Gazeta do Povo

A maior goleada neste período pertence ao Coritiba, que em 2020 aplicou 4 a 0 nos aspirantes do Athletico, pela última rodada da primeira fase do Paranaense. Por outro lado, as grandes finais é que tiveram os resultados mais marcantes.

Por duas vezes, o Coxa fez 3 a 0 na Arena. A primeira, em 2011, quando foi campeão naquele jogo. Em 2017 repetiu o placar no confronto de ida, levantando a taça na partida seguinte, no Couto Pereira.

Já o Furacão foi campeão estadual em 2016 na casa do rival, com uma vitória por 2 a 0, depois de ganhar por 3 a 0 na Arena. Em 2018, mesmo sem os principais jogadores do elenco, também derrotou o Alviverde em uma decisão, por 2 a 0 na Arena, e foi campeão.

O fato curioso dos Atletibas na década passada é que pela primeira vez os dois times se enfrentaram no interior do Paraná. Em 2014, ainda sem poder mandar os jogos na Arena da Baixada, o Athletico recebeu o Coritiba no Willie Davids, em Maringá, e venceu por 2 a 0.

Além disso, na lista dos confrontos históricos tem aquele que era para ser o maior Atletiba da história. Na última rodada do Brasileirão de 2011, a dupla se enfrentava com objetivos importantes. Se ganhasse, o Coxa garantiria uma vaga na Libertadores e rebaixaria o Furacão, que tinha que vencer e torcer por uma combinação de resultados para seguir na Série A.

No fim, com gol de Guerrón, o Rubro-Negro venceu por 1 a 0, mas o resultado não foi o suficiente para livrar a equipe da queda e o Alviverde acabou fora do torneio internacional.

Participe da conversa!
0