O Athletico anunciou, na última terça-feira (14), a proibição de qualquer adereço de torcidas organizadas na Arena da Baixada - bandeiras, faixas, baterias, instrumentos de percussão, etc.

A determinação também vale para o setor de visitantes e já entra em vigor no jogo contra o Corinthians, nesta quarta-feira.

Segundo o clube, a decisão foi tomada em conjunto pelos Conselhos Deliberativo e Administrativo e teve como causa "os recentes e gravíssimos episódios de violência praticados por integrantes de torcidas organizadas".

Ainda segundo o Athletico, a proibição faz parte de uma campanha de prevenção e repressão de novos episódios de violência. "Não desistiremos para que as famílias possam frequentar a Arena com segurança", complementa a nota oficial publicada no site do clube.

Vale lembrar que o clássico contra o Coritiba, no próximo domingo (19), no Couto Pereira, terá torcida única após pedido do Coxa.

Recentemente, neste Brasileirão, a torcida organizada do Athletico esteve envolvida em uma briga com a torcida do Juventude em Caxias do Sul, que deixou um torcedor gravemente ferido.

Já no último final de semana, as torcidas de Palmeiras e Coritiba produziram cenas de selvageria nos arredores do Couto Pereira, sendo que um torcedor morreu em decorrência de um pico de glicemia e outro perdeu a visão após o conflito.

Antes, ainda no Campeonato Paranaense, o Atletiba no Couto Pereira teve de ser paralisado após um princípio de confusão entre as torcidas nas arquibancadas.

Participe da conversa!
0