O Athletico busca um recurso no julgamento no caso envolvendo a contratação irregular do atacante Rony para reduzir a punição imposta pela Fifa.

Nos dias 18 e 19 de março, nova audiência vai ocorrer na Corte Arbitral do Esporte para analisar o pedido rubro-negro. O Athletico quer reduzir a suspensão de contratar jogadores, que vai até junho deste ano, além de um acordo para o pagamento da multa pela rescisão do contrato de Rony com o Albirex, antigo clube do jogador.

Como não entrou com efeito suspensivo imediato, o Athletico já cumpriu parte da pena e está sem contratar desde o fechamento da última janela, em setembro do ano passado.

Já Rony foi punido pela Câmara de Resoluções de Litígio da Fifa e terá que pagar 1,3 milhão de dólares, cerca de R$ 7 milhões. Porém, o Athletico é parte solidária e vai assumir a dívida. Este valor é a principal discussão do julgamento, já que o Albirex deseja 10 milhões de dólares, cerca de R$ 54 milhões, que corresponde a quantia da multa no contrato.

Além disso, o Palmeiras também é parte interessada no processo. Rony foi punido com quatro meses de suspensão, mas o clube paulista conseguiu um efeito suspensivo para ter o atleta de 25 anos ao longo da temporada. Rony foi um dos principais jogadores no título da Libertadores.

Participe da conversa!
0