O empate com o Corinthians, na última quarta-feira (11), foi particularmente especial para o atacante Vitinho, do Athletico.

Em agosto do ano passado, por causa de uma bactéria, o jovem de 21 anos precisou ser internado às pressas, foi parar na UTI e chegou a correr risco de vida. A carreira, então despontando, ficou gravemente ameaçada.

O UmDois Esportes contou a história de superação do atacante do Furacão, permeada por muita fé e uma vigília incansável da família do atleta enquanto ele estava no hospital. [Leia aqui a história completa].

O jogo contra o Corinthians foi o sexto de Vitinho após se recuperar do problema de saúde. E coube a ele anotar o gol que empatou o jogo em 3 a 3 para o Furacão.

“Passou um filme na minha cabeça. Tudo isso representa muito para mim. Eu não sabia se ia poder voltar a jogar futebol, estar aqui com o grupo. Então, fui abençoado”, revelou Vitinho ao site oficial do Athletico.

“Eu brinquei com o pessoal, que precisava empatar o jogo. Porque logo depois que perdi aquele gol (bola no travessão), levamos o terceiro gol. Então, veio a minha própria cobrança para empatar. Graças a Deus, tive outra oportunidade e fiz”, emendou.

Participe da conversa!
0