Mídia

A um mês da estreia, Paranaense vive impasse sobre transmissões; TV recusou proposta

Hélio Cury, presidente da FFP, busca uma alternativa para transmissão do Estadual.
Hélio Cury, presidente da FFP, busca uma alternativa para transmissão do Estadual.| Foto: Felipe Rosa/Tribuna do Paraná
  • Por Fernando Rudnick
  • 21/01/2021 21:42

A pouco mais de um mês da estreia, o Campeonato Paranaense 2021 segue sem definição sobre como suas 146 partidas serão transmitidas.

A Federação Paranaense de Futebol (FPF), que negociava com a Band Paraná para exibição na TV aberta, recebeu uma negativa da emissora recentemente. A bola rola a partir de 28 de fevereiro, quatro dias depois do término do Brasileirão.

Segundo apurou a reportagem, a proposta da FPF pelo campeonato foi de R$ 4,8 milhões – R$ 400 mil por equipe. Ainda há conversas com antiga TV Paraná Educativa, atualmente TV Paraná Turismo, mas a pedida atual torna situação difícil de ser concretizada.

O valor é levemente superior ao pago pela plataforma de streaming DAZN, que desembolsou cerca de R$ 4,4 milhões pelo produto completo em 2020. Como reduziu sua operação no Brasil por causa da pandemia de Covid-19, a empresa abriu mão dos dois anos de contrato que ainda tinha.

Paranaense tem tendência de transmissões próprias dos clubes

Quem lidera a busca por um parceiro para as transmissões é o presidente Hélio Cury. Porém, como o tempo está se esgotando, as transmissões dos próprios dos participantes do campeonato já são consideradas inevitáveis pela Federação, independentemente se o torneio será vendido ou não.

As exibições independentes, no entanto, ainda precisariam ser acordadas entre os times. Segundo a Lei Pelé, o direito de transmissão não é apenas do mandante, como durante a vigência da Medida Provisória 984, mas de ambos os participantes de um evento esportivo.

Entre os dez principais estaduais do país, além do Paraná, apenas Bahia, Ceará e Rio de Janeiro ainda não bateram martelo sobre transmissões para a temporada. Cariocas e cearenses, no entanto, têm propostas e não ficarão sem jogos na TV aberta – cenário que hoje é bastante provável no Paranaense.

Participe da conversa!
0

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.